03 set 2015

Dirigir Alcoolizado – Consequências

0 Comentários

DIRIGIR ALCOOLIZADO – MULTAS E PENALIDADES

 

Dirigir sob o efeito de álcool no Brasil é crime previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro e resulta em prisão, além de multa e suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

As consequências para quem dirige embriagado se dividem em duas esferas: a administrativa e a criminal.

Consequências administrativas:

  1. Infração Gravíssima;
  2. Multa no valor de R$ 1.915,40;
  3. 7 pontos na Carteira
  4. Suspensão da Carteira de Habilitação por 12 meses
  5. Curso de Reciclagem em uma autoescola.

 

Defesa: É possível recorrer ao recurso administrativo em casos nos quais se considere a penalidade e a multa abusivas. Este recurso poderá ocasionar na diminuição da punição administrativa.

 

Consequências criminais:

  1. Autuação em Flagrante se for constatado através de bafômetro, exame médico, ou por provas testemunhais e sinais de embriaguês (halito etílico, andar cambaleante, confusão, etc…)
  2. Detenção de seis meses à três anos

 

Defesa: Na esfera criminal sera necessária a atuação de um advogado que irá elaborar a melhor estratégia de defesa nestes casos.

 

[topo]
Sobre o Autor